Só trazendo as 5 conclusões do caso ilustrado do livro da Ilana Casoy.

Quero ressaltar, que caso vocês percebam uma conclusão diferente da sua, ou que a sua conclusão não esteja presente. Não se espante/fique eufórico. Se foque em apresentar uma explicação plausível para sua conclusão. Como tinha dito, existem mais que 5, porém foram 5 apresentadas no livro. Basta procurar explicá-las de forma condizente.

Transcrevendo:

1ª Conclusão: o criminoso, nesse crime em particular, amarrou a vítima para restringir seus movimentos enquanto ela estava viva, uma vez que se notam sinais de luta e abrasões ao redor dos pulsos.

2ª Conclusão: o criminoso removeu as ligaduras com as quais amarrou a vítima antes de dispor o corpo morto, conclusão advinda do fato de nenhuma ligadura ter sido encontrada ali.

3ª Conclusão: a vítima parecia asfixiada pelo pescoço por meio de ligadura de material leve como um tecido, fato indicado pela marca-padrão no pescoço e pelas petéquias.

4ª Conclusão: a cena na qual foi encontrado o corpo era apenas o cenário que o criminoso montou para isso; o crime não foi cometido ali, uma vez que não foi encontrado sangue algum.

5ª Conclusão: o criminoso tem um carro consistente com as marcas de pneu encontradas nas proximidades do corpo. Pelas marcas deixadas por pneus, pode-se ter uma ideia da marca ou do tipo de carro utilizado.”

(Trecho retirado do livro: “Serial Killers: Louco ou Cruel?” de Ilana Casoy da Editora DarkSide; 2017. Rio de Janeiro)

Exemplo de umas conclusões que eu tirei, e posso embasar minhas teorias:
O criminoso é, provavelmente um homem, pois carregou o corpo de uma mulher adulta por 15 metros, sem arrastá-lo, caso contrário teriam encontrado marcas de arranhado e sujeira/terra em uma extremidade do corpo (calcanhar ou mãos, por exemplo).
O criminoso deve ter usado um carro alto com tração nas quatro rodas, ou mora perto da cena. O motivo da suspeita para o tipo do veículo/percurso vem do corpo não apresentar outros sinais de “pancada/violência”, principalmente pós-morte. Pois nenhum carro entra em meio a floresta sem sacudir, mesmo que vá lentamente. Caso o corpo estivesse preso, seria nos bancos traseiros. Logo, em uma posição de risco. Risco esse que um assassino “Safo” (pois retirou a área genital da vítima para não deixar pistas de um ato sexual), não cometeria por um longo percurso. Caso estivesse no porta-malas, ou o carro é grande para se colocar algo para proteger o corpo, ou ele não andou muito dentro da floresta.

Bem, é isso XD
Espero ter explicado direito minhas teorias. Expliquem as suas, caso elas não estejam nas conclusões expostas no livro.

22 thoughts on “As 5 conclusões

  1. Ue eu li ali e nem comentei porque achei que minhas conclusões eram muito obvias lol

  2. Esse negocio do caso foi bem legal se achar mais faz um post com isso que eu pelo menos acho bem interessante

  3. Sea of thieves tem como pegar de graça pra jogar a closed beta no xbox hub insider

  4. poxa coloque mais casos assim ^^…… achei fantástico fazer essas suposições
    *—————–*

  5. Vamos lá, galera. Cantem comigo

    Quem te vê passar assim por mim
    Não sabe o que é sofrer
    Ter que ver você, assim, sempre tão linda
    Contemplar o sol do teu olhar, perder você no ar
    Na certeza de um amor
    Me achar um nada
    Pois sem ter teu carinho
    Eu me sinto sozinho
    Eu me afogo em solidão
    Oh, Anna Júlia
    Oh, Anna Júlia
    Nunca acreditei na ilusão de ter você pra mim
    Me atormenta a previsão do nosso destino
    Eu passando o dia a te esperar
    Você sem me notar
    Quando tudo tiver fim, você vai estar com um cara
    Um alguém sem carinho
    Será sempre um espinho
    Dentro do meu coração
    Oh, Anna Júlia
    Oh, Anna Júlia
    Sei que você já não quer o meu amor
    Sei que você já não gosta de mim
    Eu sei que eu não sou quem você sempre sonhou
    Mas vou reconquistar o seu amor todo pra mim
    Oh, Anna Júlia
    Oh, Anna Júlia
    Oh, Anna Júlia
    Oh, Anna Júlia, Júlia, Júlia

      1. Tem dezessete anos e fugiu de casa
        Às sete horas na manhã no dia errado
        Levou na bolsa umas mentiras pra contar
        Deixou pra trás os pais e o namorado
        Um passo sem pensar
        Um outro dia, um outro lugar
        Pelo caminho, garrafas e cigarros
        Sem amanhã, por diversão, roubava carros
        Era Ana Paula, agora é Natasha
        Usa salto quinze e saia de borracha
        Um passo sem pensar
        Um outro dia, um outro lugar
        O mundo vai acabar
        E ela só quer dançar
        O mundo vai acabar
        E ela só quer dançar, dançar, dançar
        Pneus de carros cantam
        Thuru, thuru, thuru, thururu
        Thuru, thuru, thuru, thururu
        Thuru, thuru, thuru, thururu
        Thuru, thuru, thuru, thururu

        Continue a música.

  6. Eu espera conclusões tipo, o criminoso é alérgico a batata porque baseado na falta de ligaduras e nas incisões,etc….ou pelo menos algo pra confirmar que foi só um assassino já que nas deduções tem apenas “o criminoso”, sei lá, o crime podia ter sido cometido por 2 ou 3 pessoas ou até mais :v

    1. Na verdade, é postulado que é somente um assassino até se ter indícios de mais de um.
      Motivo: Quanto mais pessoas = mais “trabalho”

  7. Acho as tuas conclusões boas mas não suficientes mas adorei parabéns isso dar motivação para fazeres a fanfic .

    1. Conclusões que posso argumentar com segurança, acho que são essas mais a do livro… O que mais tu acha que poderia concluir?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *